Instituições ambientais do Paraná são destaques na conservação da biodiversidade brasileira.

Iniciativas desenvolvidas por duas instituições ambientais do Paraná, o Projeto de Conservação do  Papagaio-de-cara-roxa, desenvolvido pela Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem (SPVS) e o Programa de Recuperação da Biodiversidade Marinha (REBIMAR), realizado pela Associação MarBrasil, são finalistas do Prêmio Nacional da Biodiversidade, um dos mais importantes do País, promovido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Os dois projetos, avaliados por uma comissão julgadora composta por especialistas na área de conservação ambiental, foram escolhidos entre outras 888 ações inscritas por instituições de todo o Brasil. Ao todo, foram indicados três finalistas em cada uma das seis diferentes categorias: Academia, Empresas, Imprensa, ONGs, Órgãos Públicos e Sociedade Civil. Portanto, 18 finalistas concorrem ao Prêmio Nacional da Biodiversidade, que será anunciado no dia 22 de maio, Dia Internacional da Biodiversidade. O Prêmio Nacional da Biodiversidade foi instituído com o objetivo de reconhecer o mérito de iniciativas que se destacam por buscarem a melhoria ou a manutenção da biodiversidade brasileira.

Além da premiação oficial, também haverá o prêmio especial “Júri Popular”, que elegerá as iniciativas preferidas do público por meio de votação “online”. Para votar é necessário acessar o site oficial do Prêmio Nacional da Biodiversidade (http://www.icmbio.gov.br/pnb/) e escolher uma das 18 finalistas.

Esta votação poderá ser feita até o dia 19 de maio, e o vencedor será divulgado junto ao Prêmio principal, no dia 22.

Vote quantas vezes quiser e ajude o projeto a ganhar esse Prêmio!!

http://www.icmbio.gov.br/pnb/